QUANDO DEUS FOI CARREGADO

QUANDO DEUS FOI CARREGADO O homem que mais sabia puxar varandas em Minas Gerais e, em particular, na redondeza da Buraca, perto da fazenda do Chico Tobias... foi o pai da Maria. Segundo esta Maria, que não estava de corpo presente na história, mas que também não mente... um dia o velho Benedito, ou Bené, … Continue lendo QUANDO DEUS FOI CARREGADO

Anúncios

FLOR NÃO PRECIFICADA

FLOR NÃO PRECIFICADA As flores estão muito caras nas lojas de nenhuma piedade. E para que mais caras ainda fiquem já não se plantam flores na cidade. Uma florzinha pititinha de nada... vê-a num campo distante da alma endividada o homem que acaba de chegar do trabalho. Ele está cansado, por isso toma um atalho... … Continue lendo FLOR NÃO PRECIFICADA

MINHA SINA DE PENSAR A EXTINÇÃO DOS DODÔS

Se eu soltasse uns gatos no território das aves dodôs... os gatos acabariam com elas. Gatos não relativizam vetores de sobrevivência. Não pensariam em nada além de caçar e comer. Ou o certo é mesmo isso... e neste caso estaríamos perdoados por extinguir aquelas aves... ou somos mesmo uma espécie muito burra que não relativiza … Continue lendo MINHA SINA DE PENSAR A EXTINÇÃO DOS DODÔS

OS FUNIS

OS FUNIS Quando tiro a tampa dum tanque cheio de água, revela-se-me um funil que, na verdade, sempre estivera ali (pelo menos enquanto possibilidade). E este funil, por algum motivo, guarda estreita relação com as dimensões do tanque. Eu devia estar sonhando com isto... e acordei com um estalo na mente, antes das cinco da … Continue lendo OS FUNIS

PÁTIO

PÁTIO Ainda estamos no claustro da incerteza. Corredor coberto, protegido, donde olhamos os corpos que preferíamos nus e sem beleza. Vestidas, ali, estão as nossas vidas, nossos corpos de ilusão. Dos quatro lados do pátio, olhamos-nos e não nos sabemos. É só o que temos, e uma luz de cima que imploramos nos cegue das … Continue lendo PÁTIO

MEU

MEU Destaco a rua velha enladeirada, dentre as paisagens que engoli e me aparecem na radiografia. Digo que me falta uma costela... porque ali, em vez dum osso, mora ela que é o meu amor.  Sonho que na minha cabeça haverá eternidade para todos que amei, amo e amarei. Sei... muito bem... que o meu … Continue lendo MEU